Arquivo da categoria: Atos Oficiais

Foto: Divulgação

Na tarde desta terça-feira, 29 de dezembro, o prefeito de União da Vitória, Santin Roveda, assinou o decreto 527/2020, que proíbe a utilização de fogos de artifícios com estampido (aquele que faz barulho), em União da Vitória. A população pode fazer a sua denúncia via telefone (42) 9 8416 96 19.

No decreto, assinado pelo prefeito Santin Roveda, restou destacado que tal medida vem em benefício da sociedade, pois a intensidade do som produzido pelos fogos de artifícios ultrapassa 150 dB, o que, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), sons com mais de 65 dB já podem estressar e prejudicar a saúde; e ainda, que a partir de 85 dB, o barulho já pode ser suficiente para causar a perda da audição, principalmente quando acima de 120 dB. O decreto ainda destaca, além do forte barulho dos fogos de artifícios, também enfatiza a preocupação do poder público com a sociedade e animais: “Considerando que, as crianças, idosos, doentes, autistas e pessoas com deficiência, além dos animais e aves, que possuem maior sensibilidade ao barulho dos fogos, também sofrem impactos negativos”.

Durante a assinatura do decreto, o prefeito destacou que não está proibido soltar os fogos de artifícios em União da Vitória, mas sim, a proibição da utilização do material que causa barulho. “Quero finalizar, antes de assinar o decreto, que estamos proibindo a utilização de fogos de artifícios com estampidos, aquele que faz barulho e que está liberada a utilização dos fogos de artifícios que só tem a luz e que não vai trazer prejuízos para a população”, declarou Santin Roveda.

Durante todo o ano e agora com a chegada do fim de 2020, a população questionou nas redes sociais a utilização dos fogos de artifícios e a preocupação nos comentários, sempre foi com as pessoas de mais idade e com os animais. A Administração Municipal, que sempre acompanha tem um dialogo direto com a comunidade e fez o decreto em prol da qualidade de vida de todos.

A população, ao ver pessoas fazendo a utilização de fogos de artifícios com estampido, pode enviar a sua mensagem para o WhatsApp de Denúncia (42) 9 8416 96 19. Ou, se preferir,  ligar para a Polícia Militar 190.

Foto: Comunicação Prefeitura de União da Vitória

A Prefeitura de União da Vitória, decretou e divulgou no Diário Oficial do Município, nesta segunda-feira, 23 de novembro, o Decreto 392/2020, que se refere a obrigatoriedade do uso do taxímetro em todos os veículos que prestam o serviço de taxi na cidade de União da Vitória.

Após o Ministério Público do Estado do Paraná em sua sede em União da Vitória, observar que o artigo 13 do projeto de lei 4754/2018, que se refere ao uso do taxímetro, não está sendo aplicado no município, o Ministério Público determinou que a Prefeitura de União da Vitória, colocasse em vigor tal dispositivo: “Considerando a manifestação do Ministério Público através do Oficio 829/2020-Inquérito Civil n. MPPR 0152.20.002613-5, onde questiona a falta de implantação do taxímetro nos veículos de transportes (táxi), conforme determina a

Lei n. 4754/2018, em seu Art. 13; Art. 1° Estabelece o prazo de até 60 (sessenta) dias, após a publicação deste Decreto, para que todos os profissionais instalem o taxímetro nos veículos que exploram os serviços de taxi, cumprindo o que determina o Art. 13. da Lei n°4754, de 09 de julho de 2018.

Art. 2 A não instalação e funcionamento do Taxímetro no prazo ora determinado, terá o profissional, suspensa autorização para transporte de passageiros”.

A lei em questão foi aprovada em 09 de julho de 2018, e na oportunidade os profissionais teriam um prazo de 12 meses para colocar o aparelho em seus veículos.  Depois da lei 4754/2018 ser aprovada os profissionais se reuniram com a Prefeitura e com o Ministério Público para tentar algumas modificações sobre o artigo 13, mas na última reunião, agenda o MPPR não aceito tal encontro e determinou o cumprimento da lei e do artigo em questão.

Com a publicação no Diário Oficial do Município de União da Vitória, na segunda-feira, 23, os taxistas terão um prazo de 60 dias para a colocação do aparelho nos automóveis.

Foto: Marciel Borges

A Administração Municipal de União da Vitória, divulgou oficialmente nesta segunda-feira, 17 de agosto, que o Desfile Cívico em comemoração à data de 7 de Setembro, está cancelada no município, devido à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19).

A decisão de cancelar as atividades de 7 de Setembro, segue a mesma linha de atuação do senhor ministro de Estado da Defesa que afirma: “Considerando a Portaria n. 2.621/GM-MD, de 05 de agosto de 2020 do Ministro de Estado da Defesa, Fernando Azavedo e Silva, onde orienta as respectivas Forças Armadas para se absterem de participar de quaisquer eventos comemorativos alusivos à celebração do Aniversário da Proclamação da Independência do Brasil, evento como desfile, paradas, demonstrações ou outras que possam causar concentração de pessoas;

Considerando que é de amplo conhecimento que o País, como considerável parte do mundo, enfrenta à pandemia do “Covid-19”, não sendo recomendável pelas autoridades sanitárias a promoção de eventos que possam gerar aglomeração de público, devido ao risco de contaminação, recomendação esta que deve perdurar durante o mês de setembro”, declarou o senhor ministro.

Com o posicionamento do senhor Fernando Azavedo e Silva, a Administração Municipal de União da Vitória, fez o decreto que afirma no artigo 1º fica cancelado o Desfile Oficial do dia 7 de setembro de 2020, alusivo aos 198º Aniversário da Proclamação da Independência do Brasil. Artigo 2º este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. União da Vitória, 07 de agosto de 2020”.

Foto: Marciel Borges