Arquivo da categoria: Meio Ambiente

Foto: Comunicação Prefeitura de União da Vitória

Se cada morador fazer a sua parte dentro de sua casa, o mundo em que vivemos pode ser melhor. Isso pode ser feito num simples ato de separar o lixo orgânico do reciclável, e assim você vai ajudar o Meio Ambiente como também muitas famílias de União da Vitória que retirar o seu sustento na separação do lixo reciclável.

Em União da Vitória, atualmente existe duas entidades que fazem um importante trabalho na separação do lixo reciclável e assim estão fazendo com que seja prolongada a vida útil do aterro sanitário do município. Hoje se faz presente duas entidades, sendo elas: Cooperativa de Trabalho dos Agentes Ecológicos (Coopertrage) e a Associação dos Recicladores e Coletores de Recicláveis do Vale do Iguaçu (Arcrevi). Atualmente segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, a Coopertrage tem 37 colaboradores e a Arcrevi 20 pessoas atuando no serviço da separação do lixo reciclável.

Com este trabalho tão importante a Prefeitura de União da Vitória, não deixou de se fazer presente nos quatro anos da administração do prefeito Santin Roveda e do vice-prefeito e prefeito eleito Bachir Abbas, sendo disponibilizado equipamentos e neste momento da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), a Secretaria Municipal de Assistência Social, esteve presente verificando a situação dos trabalhadores para fazer o recebimento de auxilio via Prefeitura como do Governo do Paraná e do Governo Federal.

“As Cooperativas de Reciclagem em União da Vitória, são de fundamental importância para o bom andamento de uma União da Vitória, sustentável. Aqui na Prefeitura sabemos que algumas pessoas que vivem numa situação de vulnerabilidade e afirmo que antes da gestão 2017 – 2020, era uma Cooperativa e hoje são duas. Estamos terminando 2020, com mais famílias atuando e fazendo o seu melhor em prol do Meio Ambiente como para ter recurso em sua casa. Quero mandar um abraço para todos das Cooperativas que todos os meses estou lá conversando e ouvindo os pedidos deles para o melhor para União da Vitória, no que se diz respeito a reciclagem e ao bem estar deles. Recentemente fizemos a entrega de duas novas prensas e neste período da pandemia do Coronavírus fizemos um trabalho para as famílias receberem cesta básicas. Todos juntos Assistência Social, Meio Ambiente e você fazendo uma cidade mais sustentável”, declarou o prefeito Santin Roveda.

Foto: Comunicação Prefeitura de União da Vitória

Coleta Seletiva:

 

Os serviços de coleta seletiva são realizados pela Coopertrage através do contrato nº02/2018. Na coleta seletiva pública, no ano de 2020, foram coletadas em média 95 toneladas ao mês de resíduos sólidos potencialmente recicláveis/reutilizáveis. Este quantitativo é processado pelas duas entidades de catadores constituídas no município: Arcrevi e Coopertrage. Das 95 toneladas ao mês de resíduos potencialmente recicláveis/reutilizáveis proveniente de coleta pública, cada uma das entidades de catadores processa em torno de 50% dos resíduos.

Adicionalmente a Coopertrage coleta em média 20,8 toneladas ao mês de resíduos de grandes geradores.

 

Materiais separados e comercializados:

 

No ano de 2020, até o mês de julho, em média a Coopertrage comercializou 49,3 toneladas de resíduos recicláveis/reutilizáveis ao mês, sendo em média 28,5 toneladas comercializadas proveniente de coleta seletiva pública. Foram comercializadas em média 20,8 toneladas de resíduos recicláveis provenientes de coleta de grandes geradores. Total: Média mensal de 49,3 toneladas de resíduos recicláveis/reutilizáveis comercializados.

No mesmo período a Arcrevi comercializou em média 31,5 toneladas ao mês, sendo declarado como provenientes na totalidade da coleta seletiva pública realizada pela Coopertrage do contrato nº 020/2018.

 

Dia da Coleta de Lixo Reciclável:

 

Centro e bairro São Bernardo – Segunda-feira a sexta-feira com início às 18h.

Bairros Navegantes e Ponte Nova – Terça-feira e sábado com início às 18h

 

Bairros Malon, Nossa Senhora das Graças – Terça-feira e sábado com início às 8h.

 

São Domingos e Rio Vermelho – Quinta-feira, com início às 8h, em 15 em 15 dias.

 

Distrito de São Cristóvão – Terça-feira e sábado com início às 8h.

 

Bairros São Gabriel, Angélica, Monte Castelo, Furlan, São Luiz, Dona Mercedes, Muzzolon, Cristo Rei, São Joaquim, Jardim Roseira, Morro do Cristo, Conjuntos Bela Vista, Limeira, Rio D´Areia, Rocio, São Basílio Magno, Linha Passo do Iguaçu, e barreiros – Segunda-feira e sexta-feira com início às 8h.

Uma equipe da Defesa Animal da Prefeitura de União da Vitória realizou na manhã desta segunda-feira, 14 de dezembro, a apreensão de um cavalo, na BR 476, após a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, receber várias ligações sobre o perigo de um acidente na rodovia.

Com essa informação o secretario Municipal de Meio Ambiente, Cesar Strapassola, esteve com a equipe no local, e com êxito retiraram o animal que poderia ser atropelado na BR 476, além de poder causar um sério acidente. Segundo o secretário, após a compra da carretinha para o recolhimento de cavalos em União da Vitória, a Secretaria de Meio Ambiente já recebeu várias ligações de denúncias de abandono ou soltura de cavalos em via pública. O animal, após ser recolhido, foi levado para um local adequado e receberá toda a atenção da equipe de veterinários da Defesa Animal e o proprietário, ao desejar resgatá-lo, terá o prazo de cinco dias para fazê-lo, como também fazer o pagamento da multa de R$ 100,00 e se comprometer em assegurar o bem estar do animal e manter o mesmo em segurança. Vale destacar que já está na Câmara de Vereadores, um novo projeto de lei, para que a multa será de R$ 300,00 mais os valores de transporte do animal e o serviço da equipe de veterinários. Se o animal, não for retirado em cinco dias será doado e o novo proprietário deve seguir todas as orientações por parte da Defesa Animal em prol de garantir o bem estar do animal.

 

Disque Defesa Animal:

 

A população ao ver um cavalo solto em via pública na área central ou bairros de União da Vitória, pode ligar para os seguintes telefones: Ouvidoria da Prefeitura de União da Vitória, (42) 3521 12 12 ou na Secretaria Municipal de Meio Ambiente (42) 3522 32 66. Enfatizando que se o animal estiver numa BR como foi o caso desta segunda-feira, além de acionar a Defesa Animal, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) ou o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), devem ser comunicados, pois a situação ocorre num trecho Federal. Já se o animal estiver na rodovia de responsabilidade do Governo do Paraná, o solicitante deve acionar também a Polícia Rodoviária Estadual do Paraná (PRE-PR) ou o Departamento de Estradas e Rodagem (DER).

Foto: Comunicação Prefeitura de União da Vitória

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente da Prefeitura de União da Vitória, apresentou na manhã desta terça-feira, 08 de dezembro, uma nova carretinha que será utilizado nos trabalhos de recolhimento de animais de grande porte (cavalos) que estão soltos em vias públicas no município.

Segundo o secretário Municipal de Meio Ambiente Cesar Strapassola, a população vem há muito tempo solicitando que a Prefeitura de União da Vitória, realize a retirada dos animais das vias públicas para evitar acidentes como já ocorreu em outras oportunidades. Ainda em 2020, no distrito de São Cristóvão, a Polícia Militar registrou um grave acidente que levou a óbito um cavalo e deixando danos materiais ao proprietário do veículo e seus ocupantes com ferimentos leves. O acidente só ocorreu devido ao animal estar solto e transitando em uma rodovia estadual e seu proprietário, não dando a devida atenção em manter o animal fechado.

A nova carretinha, foi adquirida com recursos da administração municipal, sendo investido um valor total de R$ 14 mil reais. O secretário Cesar destaca a importância e chama a atenção dos donos de cavalos sobre as penalidades. “Este é um pedido da população para a Prefeitura para que seja feita a retirada desses animais de grande porte que se encontram soltos em via pública, então com recursos da Prefeitura foi feita a compra desta carretinha devidamente adequada para a realização do transporte dos animais. Lembrando que hoje em União da Vitória, temos uma legislação municipal que permite o recolhimento dos animais que se encontram soltos em vias públicas, sendo o proprietário penalizado com multa de cem reais para o resgate do animal. Já está na Câmara de Vereadores um novo projeto que entre outros assuntos relacionados a causa animal, altera o valor da multa para R$ 300,00 mais os custos com tratamento veterinário e alimentação, podendo chegar a mais de R$ 500,00 caso o animal seja resgatado pelo proprietário. Cabe destacar que o animal, após ser recolhido ficará por cinco dias a disposição de seu dono para que o mesmo proceda com a retirada, se isso não ocorrer o animal será colocado para doação. Sendo o dono ou o novo proprietário, deve afirmar o compromisso com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que o animal será levado para um espaço adequado, seguro e, principalmente, fora do perímetro urbano e que não vai ficar em vias públicas”, enfatizou Cesar Strapassola.

 

Denúncias:

 

Ainda segundo o secretário de Meio Ambiente de União da Vitória, a população ao ver cavalos soltos em via público pode ligar para o telefone da Ouvidoria da Prefeitura (42) 3521 12 12 ou no telefone da Secretaria de Meio Ambiente (42) 6322 32 66. A caretinha pode levar ao mesmo tempo dois animais.

Foto: Comunicação Prefeitura de União da Vitória

Com a homologação do Processo Licitatório e acatadas todas as recomendações do Tribunal de Contas do Estado do Paraná, União da Vitória já conta com novos contratos em andamento para a prestação dos serviços de Coleta e Transporte de Resíduos Sólidos Urbanos Orgânicos e Não Recicláveis, a denominada Coleta Convencional, onde teve como vencedora a empresa Coleta e Industrialização de Resíduos Ltda (CRI), bem como para execução de serviços de Operação, Manutenção e Monitoramento Ambiental do Aterro Sanitário do Município, onde a empresa vencedora foi a LimpaTur Limpeza Urbana Ltda.

Os contratos tiveram início na última quinta-feira, dia 30 de julho, quando as duas empresas iniciaram os serviços.  A empresa CRI atua no ramo da Limpeza Urbana, Coleta e Destinação de Resíduos Sólidos desde 1999, executando os serviços em municípios nos três estados do Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) e no Nordeste do Brasil, no estado do Maranhão, atendendo órgãos públicos e empresas privadas. Para atender a demanda, serão utilizados três caminhões no período diurno e dois caminhões no período noturno. A LimpaTur é uma empresa instalada no município e já estava operando as atividades do aterro municipal.

Em União da Vitória, são coletadas e destinadas, em média, 820 toneladas por mês de resíduos sólidos orgânicos e não recicláveis, considerando toda a área urbana e os distritos rurais que são atendidos pela coleta. Nesse montante, muitos resíduos que poderiam ser coletados pela Coleta Seletiva de Resíduos Secos acabam sendo destinados ao aterro, devido a falta de uma melhor separação pelos geradores, e isso acaba por diminuir a vida útil do aterro. Ressaltamos a importância de se realizar a separação do material reciclável, o qual é fonte de renda para muitas famílias e ainda evita saturar o aterro municipal com este tipo de material.

Os equipamentos das duas empresas passaram por vistorias, previstas no edital de licitação, estando aptos à adequada prestação dos serviços. Os caminhões coletores compactadores são seminovos, dotados de carrocerias mais modernas e mais silenciosas, o que favorece na execução dos trabalhos do turno noturno.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente solicita a atenção dos munícipes quanto aos horários e dias da coleta convencional. No Centro e São Bernardo que são atendidos pelo serviço de segunda a sexta feira no período noturno, os resíduos somente devem ser dispostos nos logradouros após as 18 horas, evitando-se assim que sejam vasculhados por animais como cães….

Os serviços de coleta seletiva continuam sendo realizados pela Cooperativa de Trabalho dos Agentes Ecológicos (COOPERTRAGE) e os materiais recicláveis/reutilizáveis são doados pelo Município para a realização da triagem e processamento pelas duas entidades formadas por catadores de materiais recicláveis formalmente constituídas, a própria COOPERTRAGE e a Associação dos Recicladores e Coletores de Recicláveis do Vale do Iguaçu (ARCREVI).

Qualquer reclamação, sugestão ou solicitação podem ser realizadas à Ouvidoria Municipal, pelo telefone 3521 12 12.

Foto: Comunicação Prefeitura de União da Vitória

A Prefeitura de União da Vitória comunica que os cemitérios municipais estarão abertos para visitação no Dia dos Pais. Os cemitérios do bairro São Cristóvão e também na área central denominado Bom Jesus, estarão abertos nos dias 7, 8 e 9 de agosto entre 8h e 17h para visitação.

Ressaltando que se faz indispensável o uso de máscaras para acesso aos cemitérios, bem como tomar todos os cuidados para evitar aglomerações com ações simples como revezamento entre os familiares durante os dias de visitação, evitar levar crianças, ficar o menor tempo possível, levar álcool gel, entre outras medidas para preservar sua saúde.

A administração Municipal informa que dentro em breve os cemitérios reabrirão definitivamente para visitação.

Foto: Comunicação Prefeitura de União da Vitória

A cidade de União da Vitória, está mais bonita neste inicio de inverno com o plantio de várias mudas de flores que deixam os quatro cantos do município mais coloridos.

O trabalho de ornamentação faz parte da Secretaria de Urbanismo, coordenado pelo senhor Dilmar Wolf (Dango), que junto a sua equipe deixam os canteiros da cidade mais coloridos e usando a criatividades dão forma de objetos como de coração, estrelas e palavras como o nome da cidade e no terminal rodoviário a palavra seja bem-vindo.

Segundo Dango são várias espécies que estão sendo colocados nos canteiros da cidade. “Estamos fazendo o plantio de vários mudas, mas destaco as principais Boca de Leão, Amor Perfeito, Petunia e Cravina, que estão deixando a cidade mais bonita e colorida para o período mais frio do ano”, enfatizou Dango.

A Prefeitura de União da Vitória, junto a sua equipe de Urbanismo, dá toda a atenção para deixar o município mais florido durante os 365 dias do ano.

O Setor de Urbanismo também solicita a comunidade que cuide dos canteiros da cidade, pois algumas pessoas tem o hábito de arrancar as mudas e jogar em via pública, ou até mesmo pegar e levar para a sua casa. Se você ver qualquer ato que venha a danificar os canteiros de flores ligue para a Ouvidoria da Prefeitura no seguinte telefone (42) 3521 12 12.

Foto: Comunicação Prefeitura de União da Vitória

A equipe da Defesa Animal, que faz parte da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de União da Vitória, está a cargo das médicas veterinárias Juliana Martins e Vanessa Bley Bonato e vem prestando total apoio para as famílias de baixa renda em relação aos cuidados e orientações para o bem-estar dos animais de estimação. Porém, devido ao coronavírus (Covid – 19), têm-se constatando que muitas pessoas estão abandonando os animais em via pública, em destaque os cachorros, e devido a tal ato, vários animais são atropelados ou ficam doentes, sendo um possível transmissor de doenças para outros animais domésticos.

 

O atendimento as famílias de baixa renda:

 

As famílias de baixa renda do município de União da Vitória, que fazem parte de programas sociais, tem a oportunidade de ter o serviço. Em qualquer dúvida ou ajuda o morador deve fazer contato pelo telefone (42) 3522 32 66 e abrir um processo de solicitação e fazer o repasse do Número de Identificação Social (NIS), o qual será consultado para comprovação que a solicitação está sendo feita por pessoa que faz parte do grupo de baixa renda da cidade e tem o total direito de ser atendido. Segundo Juliana, o atendimento segue a ordem dos protocolos que pode ser alterada somente em casos considerados urgentes ou graves. “A população que precisar do apoio da Defesa Civil, deve fazer o seu contato pelo telefone 3522 32 66, e na oportunidade repassar as informações como o Cadastro de Pessoa Física (CPF), Registro Geral (RG), o endereço e o número do NIS, que fica junto ao Cartão Cidadão, Bolsa Família ou no Programa de Integração Social (PIS). É bom ressaltar que o atendimento para o agendamento é só feito pelo telefone, onde é gerado um número de protocolo. “Informamos que a procura é bem grande e pode haver uma demora, mas abrimos uma exceção em casos graves”, destacou Juliana.

 

Lei:

 

Segundo o site JusBrasil, “O nosso Direito, que se baseia no Direito Romano, define os animais como bens móveis, na subcategoria dos “suscetíveis de movimento próprio”. (Artigo 82 do Código Civil)”. Devido a lei os animais são tratados como coisas, mas apesar disso, temos algumas leis que os protegem. O primeiro decreto foi de nª 24.645 de 1934, que proibiu os maus tratos aos animais.

No ano de 2018, a Câmara dos Deputado aprovou o projeto de lei nº 10.827, que fez alterações na lei de maus tratos de animais. Já em 2019, outra mudança foi feita “Altera a Lei nº 9.605, de 12 de fevereiro de 1998 para estabelecer pena de reclusão a quem praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos; e instituir penas para estabelecimentos comerciais ou rurais que concorrerem para a prática do crime.

“Em nosso município da Defesa Animal, está sempre pronta para apurar as denúncias de maus tratos contra animais. Vale destacar que existe lei que pune o crime contra todo os animais. A população ao identificar alguma situação de maus tratos pode ligar para a Polícia Militar 190 ou na Defesa Animal 3522 32 66”, enfatizou Vanessa Bley Bonato.

 

Castração “Um ato de amor”

 

Segundo a veterinária Juliana Martins, o ato de castração de cachorros e gatos é um ato de amor, pois o proprietário vai evitar que o animal tenha vários filhotes e também poderá evitar que o animal de estimação seja acometido no futuro de várias doenças. “A Defesa Animal de União da Vitória, trabalha numa parceria com a Universidade do Vale do Iguaçu (Uniguaçu), na Clínica Veterinária, para a realização da castração, onde são atendidos animais de rua e da população de União da Vitória que se enquadram como baixa renda. Devido a pandemia causada pelo coronavírus (Covid-19), as atividades da Uniguaçu foram suspensas e as castrações, por hora, não está sendo realizadas, mas quem tiver interesse pode ligar para a Defesa Animal e fazer o cadastro e assim que retornem as atividades na universidade, o programa terá continuidade. “Reafirmo que o ato de castrar o animal de estimação cachorros e gatos é ter amor e carinho pelo animal, pois vai evitar vários filhotes e no futuro evitar vários problemas de saúde”, destacou a veterinária.

Ressaltamos que a Defesa Animal do Município de União da Vitória não faz o recolhimento de animais de rua, pois no município ainda não temos um canil para abrigas os animais abandonados.

Canteiros no trevo de União da Vitória recebem Manutenção

Dia de deixar a entrada da nossa cidade mais bonita. Hoje a equipe da Secretaria do Meio Ambiente (SEMMA) por meio da sua equipe de jardinagem, concluiu o trabalho de manutenção dos canteiros localizados frente ao portal de União da Vitória. Foram plantadas novas flores resistentes ao frio. Além de plantar flores e arvores, também foi feita a pintura do meio fio. A grama está sendo aparada periodicamente e as flores renovadas. O objetivo é deixar a entrada mais agradável para os visitantes e moradores.

Prefeitura instala novas lixeiras pela cidade

Com o objetivo de manter a cidade mais limpa e bonita, a Prefeitura de União da Vitória, por meio do Instituto das Águas do Paraná instalou em diversos pontos do centro da cidade as novas lixeiras. O convênio com o município faz parte do Sistema Integrado de Coleta Seletiva, desenvolvido pelo AGUASPARANÁ em mais de 290 cidades paranaenses, por meio do programa Reciclo.

O seu design moderno vem chamando atenção da população, “Elas são muito bonitas, diferentes das que tinham e parece que são bem fortes, eu gostei”, conta a moradora Maria Alice Bueno.

A instalação começou em frente à Catedral Sagrado Coração de Jesus, e seguiu por todo o centro. Um levantamento está sendo feito pela prefeitura para colocar as novas lixeiras em lugares estratégicos, onde a demanda será maior.

A intenção é que agora com as lixeiras instaladas, a população se conscientize e jogue o lixo no lugar certo, mantendo dessa forma a cidade mais limpa, bonita e organizada.

Dia Mundial do Meio Ambiente

Hoje, 05 de julho comemoramos o dia mundial do Meio Ambiente. Essa importante data vem nos alertar sobre nossa postura em relação aos recursos naturais do planeta. O Dia do Meio Ambiente foi criado em Assembléia pelas Nações Unidas em 1972 e desde então, essa data vem lembrar e conscientizar pessoas do mundo inteiro da importância de cuidar do meio ambiente, esse ano o tema escolhido foi Poluição Plástica.  Atualmente nosso planeta tem sofrido graves agressões, como desmatamento, poluição e essa data é o momento oportuno para avaliarmos esse impacto. Somente em União da Vitória são descartados no aterro sanitário 800.000 mil quilos de lixo, desses, cerca de 40% poderiam ser reciclados se houvesse um destino correto.

Pensando nisso a Secretaria Municipal do Meio Ambiente de União da Vitória (SEMMA), estará implementando ações de conscientização ambiental durante toda essa semana. Com inicio hoje da exposição do projeto ECOCIDADE na Avenida Manoel Ribas em frente ao Clube Apolo. Ali será divulgado os 5Rs da reciclagem (Reduzir, Recuperar,Reutilizar, Reciclar e Repensar). No local haverá distribuição de mudas de árvores Pinheiro Araucária, símbolo do estado do Paraná. Também durante toda a tarde haverá distribuição de revistas em quadrinho PARA ONDE VAI O LIXO para as crianças.

Palestras

A partir do dia 06 de junho, uma equipe da SEMMA em parceria com a Secretaria da Educação, estará se dirigindo para as 24 escolas municipais para ministrarem palestras de Educação Ambiental para os alunos das 5º séries e CEEBJA. Essas palestras buscam conscientizar os alunos tendo como base o estudo dos 5Rs. Também será tratado de assuntos em relação à constituição Brasileira do Meio Ambiente e os 5 ambientes, sendo eles: Meio ambiente Natural, artificial, do trabalho, cultural e patrimônio genético.

Outras ações

No dia 07 de junho acontece a visita e entrega do certificado alusivo ao dia do catador. Essa entrega será feita a todos os catadores presentes da ARCREVI e COOPERTRAGE.

No dia 08 e 09 de junho o trabalho de conscientização continua na Avenida Manoel Ribas em frente ao Clube Apolo. Ali, em parceria com os acadêmicos do curso de Engenharia Ambiental da UNIUV, terá inicio o recolhimento de matérias da logística reserva (baterias locomotivas, pneus, óleos lubrificantes, vidros entre outros).