Portal do Município de União da Vitória – Paraná

Portal do Município de União da Vitória – Paraná

Dados Gerais

Área: 731,72 km2
Área de culturas: 30,8%
Área de florestais: 58,5 %
Área ociosa: 6,1 %
Áreas inaproveitáveis: 2,6 %
Áreas especiais: 0,2 %
Áreas hidrográficas: 0,3 %
Área de trânsito: 1,5 %
População: 55.467

Aspectos geográficos
Localizado no extremo sul do estado do Paraná, o município pertence à microregião do Médio Iguaçu.

Geomorfologia
O município faz parte, em sua maioria, do terceiro planalto paranaense, que é limitado pela Serra da Esperança (Escarpa Mesozóica), cujo ponto culminante é o Pico Tem Que Vê, com 1.300 metros de altitude. É inclinado para o oeste, indo descambar em planície nas barrancas do Rio Paraná.

A parte do município situada à margem esquerda do Rio Iguaçu pertence ao Tropp de Santa Catarina, cuja formação é idêntica à do Terceiro Planalto paranaense. Uma pequena parcela do município situada na parte leste da Escarpa Mesozóica faz parte do Segundo Planalto paranaense. Este relevo é menos acidentado. As planícies de várzeas, nos vales dos Rios Iguaçu, Vermelho, da Prata e dos Banhados, são formadas por depósitos recentes e no meio delas destacam-se os morros do Cristo e do Baú.

Topografia da Região: 15% levemente ondulado; 25% ondulado; 60% acidentado.

GEOLOGIA E SOLOS
Os solos são eluviais e aluviais , e de estrutura argilo-arenosa e de modo geral são ácidos e de pouca fertilidade, embora possam ser melhorados com corretivos e fertilizantes.

Entretanto, como a topografia é bastante acidentada, são poucos favoráveis para o implemento da atividade agrícola, servindo principalmente para o reflorestamento e pastagens.

ÁREA, ALTITUDE E POSIÇÃO GEOGRÁFICA
• A área do município é de 786 km2, sendo 703 km2 de área urbana e 83 km2 de área rural,
• A altitude média é de 752 metros
• Latitude sul 26º 13’ 45” e Longitude oeste 51º 04’ 58”

Pontos Extremos
Norte: 25º 57’ 26”Latitude Sul
Sul: 26º 17’ 43” Latitude Sul
Leste: 50º 53’ 30” Longitude Oeste
Oeste: 51º 16’ 55” Longitude Oeste

MUNICÍPIO LIMÍTROFES
* Norte – Cruz Machado – PR 45KM
* Sul – Porto União – SC
* Leste – Paulo Frontin – PR 45KM – Paula Freitas – PR 22KM
*Oeste – Porto Vitória – PR 22KM – Bituruna – PR 92KM

HIDROGRAFIA
Toda a superfície do município pertence à Bacia do Iguaçu

Os afluentes do Rio Iguaçu são: na margem direita os rios Palmital, da Prata, dos Banhados, Correntes, Guabiroba, Vermelho e do Soldado. Na margem esquerda do rio Jacu e os córregos da Areia, Lajeado, da Cachoeira, Barra Grande e Lajeadinho.

O rio Palmital nasce na localidade de Palmital de Cima, na Serra da Esperança e recebe os seguintes afluentes: rio Vermelho, Santa Vitória, Louro, Córrego Fundo, Arrio do Corvo e Arroio do Abarracamento.

O rio da Prata nasce na Serra da Esperança e recebe os rios São Joaquim, Bugre, Fartura, Bracatinga, Santo Antônio, Barreado, Arrozal, São Domingos, do Meio e Papua.

O rio Vermelho também oriundo da Serra da Esperança, recebe os arroios Faxinal, Serradão, Tanque e Taió.

CLIMA
Predomina o clima do tipo Subtropical Úmido, tipo Cfb (Köppen) mesotérmico, apresentando verões suaves e invernos com geadas severas e freqüentes. As chuvas ocorrem geralmente em todos os meses, não apresentando estação seca.

Densidade Pluviométrica
A precipitação média mensal é de 115mm e a média anual é de 1.700mm.

VEGETAÇÃO
A paisagem fitogeográfica está inserida na microregião do médio Iguaçu, e é representada por florestas subtropicais, com a presença de araucárias, faxinais e matas de várzeas.

Classificação: floresta Ombrófila Mista/Floresta de Araucária

Principais espécies nativas: Pinheiro Paranaense (Araucária Angustifólia); Imbúia (Ocotea Porosa); Cedro Rosa (Cedrela Fissilis); Canela Guaicá (Ocotea Puberula); Canela Lageana

(Ocotea Pulchella); Louro Pardo (Cordia Trichatoma); Sassafrás (Ocotea Pretiosa); Bracatinga (Mimosa Scabrella); Erva Mate (Ilex Paraguariensis); Guabiroba da Serra (Brittoa

Sellaviana); Samambaia Açu (Hemitelia Setasa); Uvarana (Cordilinea Sellaviana).

Cobertura Vegetal
Predominam as áreas de mata secundária, devido a existência de áreas muito íngremes e principalmente devido a grande concentração fundiária, onde exploram-se madeira e a erva mate.

Cobertura Vegetal do município.

FAUNA
O município de União da Vitória possui uma fauna rica e diversificada.

Principais espécies encontradas no município:

Aves: Pintacilgo, Azulão, Papagaio do Peito Roxo, Canário da Terra, Gralha Azul, Pica-Pau e Harpia (em extinção)

Mamíferos: Paca, Capivara, Veado Pardo, Irara (espécie de roedor), Raposa, Tatu, Gambá e Jaguatirica.

Peixes: Traíra, Lambari, Carpa (diversas espécies), Tilápia, Corimba, Pintado e Bagre Africano.

Além de uma infinidade de insetos e animais peçonhentos; principalmente cobras (Jararaca), aranhas e escorpiões.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Dados Gerais – Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização.

Topo