Arquivo da tag: lixo

Foto: Comunicação Prefeitura de União da Vitória

Se cada morador fazer a sua parte dentro de sua casa, o mundo em que vivemos pode ser melhor. Isso pode ser feito num simples ato de separar o lixo orgânico do reciclável, e assim você vai ajudar o Meio Ambiente como também muitas famílias de União da Vitória que retirar o seu sustento na separação do lixo reciclável.

Em União da Vitória, atualmente existe duas entidades que fazem um importante trabalho na separação do lixo reciclável e assim estão fazendo com que seja prolongada a vida útil do aterro sanitário do município. Hoje se faz presente duas entidades, sendo elas: Cooperativa de Trabalho dos Agentes Ecológicos (Coopertrage) e a Associação dos Recicladores e Coletores de Recicláveis do Vale do Iguaçu (Arcrevi). Atualmente segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, a Coopertrage tem 37 colaboradores e a Arcrevi 20 pessoas atuando no serviço da separação do lixo reciclável.

Com este trabalho tão importante a Prefeitura de União da Vitória, não deixou de se fazer presente nos quatro anos da administração do prefeito Santin Roveda e do vice-prefeito e prefeito eleito Bachir Abbas, sendo disponibilizado equipamentos e neste momento da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), a Secretaria Municipal de Assistência Social, esteve presente verificando a situação dos trabalhadores para fazer o recebimento de auxilio via Prefeitura como do Governo do Paraná e do Governo Federal.

“As Cooperativas de Reciclagem em União da Vitória, são de fundamental importância para o bom andamento de uma União da Vitória, sustentável. Aqui na Prefeitura sabemos que algumas pessoas que vivem numa situação de vulnerabilidade e afirmo que antes da gestão 2017 – 2020, era uma Cooperativa e hoje são duas. Estamos terminando 2020, com mais famílias atuando e fazendo o seu melhor em prol do Meio Ambiente como para ter recurso em sua casa. Quero mandar um abraço para todos das Cooperativas que todos os meses estou lá conversando e ouvindo os pedidos deles para o melhor para União da Vitória, no que se diz respeito a reciclagem e ao bem estar deles. Recentemente fizemos a entrega de duas novas prensas e neste período da pandemia do Coronavírus fizemos um trabalho para as famílias receberem cesta básicas. Todos juntos Assistência Social, Meio Ambiente e você fazendo uma cidade mais sustentável”, declarou o prefeito Santin Roveda.

Foto: Comunicação Prefeitura de União da Vitória

Coleta Seletiva:

 

Os serviços de coleta seletiva são realizados pela Coopertrage através do contrato nº02/2018. Na coleta seletiva pública, no ano de 2020, foram coletadas em média 95 toneladas ao mês de resíduos sólidos potencialmente recicláveis/reutilizáveis. Este quantitativo é processado pelas duas entidades de catadores constituídas no município: Arcrevi e Coopertrage. Das 95 toneladas ao mês de resíduos potencialmente recicláveis/reutilizáveis proveniente de coleta pública, cada uma das entidades de catadores processa em torno de 50% dos resíduos.

Adicionalmente a Coopertrage coleta em média 20,8 toneladas ao mês de resíduos de grandes geradores.

 

Materiais separados e comercializados:

 

No ano de 2020, até o mês de julho, em média a Coopertrage comercializou 49,3 toneladas de resíduos recicláveis/reutilizáveis ao mês, sendo em média 28,5 toneladas comercializadas proveniente de coleta seletiva pública. Foram comercializadas em média 20,8 toneladas de resíduos recicláveis provenientes de coleta de grandes geradores. Total: Média mensal de 49,3 toneladas de resíduos recicláveis/reutilizáveis comercializados.

No mesmo período a Arcrevi comercializou em média 31,5 toneladas ao mês, sendo declarado como provenientes na totalidade da coleta seletiva pública realizada pela Coopertrage do contrato nº 020/2018.

 

Dia da Coleta de Lixo Reciclável:

 

Centro e bairro São Bernardo – Segunda-feira a sexta-feira com início às 18h.

Bairros Navegantes e Ponte Nova – Terça-feira e sábado com início às 18h

 

Bairros Malon, Nossa Senhora das Graças – Terça-feira e sábado com início às 8h.

 

São Domingos e Rio Vermelho – Quinta-feira, com início às 8h, em 15 em 15 dias.

 

Distrito de São Cristóvão – Terça-feira e sábado com início às 8h.

 

Bairros São Gabriel, Angélica, Monte Castelo, Furlan, São Luiz, Dona Mercedes, Muzzolon, Cristo Rei, São Joaquim, Jardim Roseira, Morro do Cristo, Conjuntos Bela Vista, Limeira, Rio D´Areia, Rocio, São Basílio Magno, Linha Passo do Iguaçu, e barreiros – Segunda-feira e sexta-feira com início às 8h.

Foto: Comunicação Prefeitura de União da Vitória

Com a homologação do Processo Licitatório e acatadas todas as recomendações do Tribunal de Contas do Estado do Paraná, União da Vitória já conta com novos contratos em andamento para a prestação dos serviços de Coleta e Transporte de Resíduos Sólidos Urbanos Orgânicos e Não Recicláveis, a denominada Coleta Convencional, onde teve como vencedora a empresa Coleta e Industrialização de Resíduos Ltda (CRI), bem como para execução de serviços de Operação, Manutenção e Monitoramento Ambiental do Aterro Sanitário do Município, onde a empresa vencedora foi a LimpaTur Limpeza Urbana Ltda.

Os contratos tiveram início na última quinta-feira, dia 30 de julho, quando as duas empresas iniciaram os serviços.  A empresa CRI atua no ramo da Limpeza Urbana, Coleta e Destinação de Resíduos Sólidos desde 1999, executando os serviços em municípios nos três estados do Sul (Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul) e no Nordeste do Brasil, no estado do Maranhão, atendendo órgãos públicos e empresas privadas. Para atender a demanda, serão utilizados três caminhões no período diurno e dois caminhões no período noturno. A LimpaTur é uma empresa instalada no município e já estava operando as atividades do aterro municipal.

Em União da Vitória, são coletadas e destinadas, em média, 820 toneladas por mês de resíduos sólidos orgânicos e não recicláveis, considerando toda a área urbana e os distritos rurais que são atendidos pela coleta. Nesse montante, muitos resíduos que poderiam ser coletados pela Coleta Seletiva de Resíduos Secos acabam sendo destinados ao aterro, devido a falta de uma melhor separação pelos geradores, e isso acaba por diminuir a vida útil do aterro. Ressaltamos a importância de se realizar a separação do material reciclável, o qual é fonte de renda para muitas famílias e ainda evita saturar o aterro municipal com este tipo de material.

Os equipamentos das duas empresas passaram por vistorias, previstas no edital de licitação, estando aptos à adequada prestação dos serviços. Os caminhões coletores compactadores são seminovos, dotados de carrocerias mais modernas e mais silenciosas, o que favorece na execução dos trabalhos do turno noturno.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente solicita a atenção dos munícipes quanto aos horários e dias da coleta convencional. No Centro e São Bernardo que são atendidos pelo serviço de segunda a sexta feira no período noturno, os resíduos somente devem ser dispostos nos logradouros após as 18 horas, evitando-se assim que sejam vasculhados por animais como cães….

Os serviços de coleta seletiva continuam sendo realizados pela Cooperativa de Trabalho dos Agentes Ecológicos (COOPERTRAGE) e os materiais recicláveis/reutilizáveis são doados pelo Município para a realização da triagem e processamento pelas duas entidades formadas por catadores de materiais recicláveis formalmente constituídas, a própria COOPERTRAGE e a Associação dos Recicladores e Coletores de Recicláveis do Vale do Iguaçu (ARCREVI).

Qualquer reclamação, sugestão ou solicitação podem ser realizadas à Ouvidoria Municipal, pelo telefone 3521 12 12.

Em União da Vitória, será possível em breve a retirada do carnê no setor de tributação, no terceiro andar da prefeitura, para pagamento da taxa da coleta de lixo 2019. Isso para os que solicitaram o carnê em 2018.
De acordo com o decreto 9/2019, o contribuinte terá até o dia 10 de fevereiro para retirar o boleto de pagamento com vencimento em cota única que está agendado para o dia 15 de fevereiro. Nesse caso, com desconto de 5%.
Já os contribuintes que optarem por efetuar o pagamento por meio da fatura de água, as datas de vencimento se darão conforme calendário da própria concessionária.