Arquivo da tag: prêmio

Foto: Comunicação Prefeitura de União da Vitória

O prefeito de União da Vitória, Santin Roveda, o vice-prefeito Bachir Abbas e a diretora do Setor de Tributação da Prefeitura, Ângela Andrea Horbatiuk, receberam no final da manhã desta quarta-feira, 16 de dezembro, o Prêmio Gestor Público do Paraná, que faz o reconhecimento de projetos em execução em prol de dar agilidade, conhecimento e transparência aos serviços da administração pública. A entrega do prêmio ocorreu no gabinete do prefeito com a presença do senhor presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (Sindafep) Osmar de Araújo Gomes como também do vice-presidente senhor Carlos Stadler.

A entrega do Prêmio Gestor Público do Paraná faz parte das ações do Sindafep, que destaca projetos que já estão em ampla atividade em várias cidades do Paraná e que faz a diferença em prol do desenvolvimento de uma cidade e que pode ser copiado por outros municípios. Em União da Vitória, o projeto que foi classificado e em seguida teve a sua aprovação pela qualidade e desempenho foi “Educação Fiscal e Tributária: Formando Cidadãos para o Futuro”, coordenado pela diretora do Setor de Tributação da Prefeitura Ângela Andrea Horbatiuk com o apoio de outras seis pessoas que fazem parte do Setor de Tributação da Prefeitura de União da Vitória. O município de União da Vitória, venceu na categoria Prêmio Gestor Público do Paraná.

O presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná (Sindafep) Osmar de Araújo Gomes, destacou e parabenizou a cidade de União da Vitória pelo projeto aqui realizado: “É um prazer, uma honra vir até o município de União da Vitória, mesmo num momento de pandemia, para fazer a entrega de um prêmio, pois foi um ano de muitas dificuldades, mas União da Vitória está de parabéns como o prefeito Santin Roveda e a Ângela Horbatiuk, e todo o pessoal que atuam na área tributária, e para nós num momento duplo, pois é um prêmio na nossa área de atuação, além de vir ao município. Fazer a entrega do símbolo do Prêmio Gestor Público do Paraná, que é um Pinheiro Araucária, é valorizar o trabalho feito e que está em execução e dando a possibilidade de outras cidades do Paraná como no Brasil, de ter um projeto de qualidade”, enfatizou o presidente do Sindafep.

Em sua fala o prefeito Santin Roveda, falou que bons projetos não são feitos só pelo prefeito, pelo vice-prefeito ou pelo secretário, mas sim é uma união de todos em prol da cidade. “É um ótimo dia, em receber um prêmio, não importa qual prêmio, mas se todos se unem e fazem com carinho, atenção, boa conversa, o projeto será um sucesso e a sociedade toda será beneficiada. Fico feliz, pois União da Vitória vem se destacando como foi nesta semana em Rede Nacional, sobre a situação da pandemia do novo Coronavírus, em relação ao tratamento precoce ao Covid-19, fico emocionado e vamos trabalhar”, afirmou Santin Roveda.

Dentro do projeto de “Educação Fiscal e Tributária: Formado Cidadãos para o Futuro”, além de palestras aos alunos do 5º ano do ensino fundamental da rede pública, foi desenvolvida uma cartilha por Ângela Horbatiuk, com apoio e design de Giovani Pauluk, cartilha esta que foi entregue a todos os alunos, público alvo do projeto. Esta cartilha traz informações simples, mas fez toda a diferença para o aprendizado das crianças e pré-adolescentes da Rede Municipal de Ensino, pois demonstra quais os impostos pagos nas esferas Municipal, Estadual e Federal, e como este recurso retorna ao Município para ser aplicado nas ações do dia a dia como na Educação, Saúde e Infraestrutura. Com esse ótimo projeto, o prefeito eleito de União da Vitória, Bachir Abbas, confirmou que vai dar continuidade neste projeto como em outros em sua administração 2021 até 2024.

“A importância do Pinheirinho é o nosso trabalho reconhecido, tanto do gestor como da equipe da tributação, pois foi a equipe da Tributação que aplicou o projeto, sobre a minha coordenação. Então temos este reconhecimento e é muito bom, é um reconhecimento de estudo, do trabalho realizado, e o Sindafep fazendo a premiação com o Prêmio Gestor Público, mostra que o projeto foi muito bem avaliado e muito bem aceito pelo Sindafep, e poderá ser copiado por outras cidades do Paraná, pois já está no banco de dados e no site do Sindafep. Então este reconhecimento nos deixa muito orgulhosos e certos de que nosso trabalho é bem feito”, finalizou Ângela Horbatiuk.

Foto: Comunicação Casa do Empreendedor

Este é o segundo ano consecutivo que a estrutura da Casa do Empreendedor de União da Vitória é reconhecida pela qualidade no atendimento ao público.

A Casa do Empreendedor de União da Vitória recebeu na última sexta-feira 26 de junho, mais um reconhecimento pelo trabalho desenvolvido no município, garantindo o Selo Ouro de Referência em Atendimento 2019, promovido pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/PR). A revelação das salas reconhecidas com o Selo de Referência em Atendimento foi feita durante um evento online organizado e transmitido ao vivo pelo Sebrae.

“Este reconhecimento reafirma o nosso propósito enquanto prestadores de serviço público em nosso município. Demonstra que somos conscientes da necessidade de existir um ambiente que proporcione orientação para uma parcela de munícipes que só aumentam, e não importa se o que motiva uma pessoa a se tornar empreendedora seja a necessidade, o sonho de empreender ou um negócio familiar. A Casa do Empreendedor está aqui para orientar em todos os casos, seja na parte burocrática ou na capacitação empresarial, estamos sempre em busca da melhoria, e este reconhecimento é fruto do esforço de toda a nossa equipe neste último ano”, comenta Jaqueline Tomkio Figueiró, a coordenadora da Casa do Empreendedor.

A proposta do Sebrae/PR com o Selo de Referência em Atendimento é reconhecer a rede de parceiros que realizam o atendimento a empreendedores e empresários na sua cidade, promovendo a viabilidade dos pequenos negócios. Com o Selo, a Casa do Empreendedor de União da Vitória é reconhecida como local de apoio aos microempreendedores individuais, tendo capacidade de atendimento para propor soluções, capacitações, desburocratização, etc.

Foto: Comunicação Casa do Empreendedor

Em decorrência da pandemia do coronavírus, o evento de premiação neste ano foi realizado de forma online. A casa do empreendedor havia recebido anteriormente do Sebrae uma caixa fechada com cadeado contendo o troféu do reconhecimento, mas somente durante o evento foi divulgado o código para abertura do cadeado e revelação de qual a categoria do Selo, divididas em Bronze, Prata e Ouro. As Salas do Empreendedor que obtiveram entre 75 e 80 pontos receberam o Selo Bronze; de 81 a 90, o Prata; e acima de 91, o Selo Ouro.

Classificada na categoria máxima, a Casa do Empreendedor de União da Vitória realizou 9.139 mil atendimentos em 2019, garantindo também alta pontuação nos critérios de qualidade no atendimento, estrutura física, oferta de soluções diversificadas, capacitação do atendente, cadastro de clientes e comunidade digital, entre outros.

 

Casa do Empreendedor União da Vitória

 

Neste momento de pandemia, consideramos o serviço que prestamos de extrema relevância e por isso o atendimento continua sendo realizado pela equipe da Casa do Empreendedor de União da Vitória, em alguns casos sob agendamento prévio. Basta entrar em contato de segunda à sexta, das 13h às 17h, através dos canais: (42) 9 9927 32 91 (somente WhatsApp) ou (42) 3523 14 13

saladoempreendedor1413@gmail.com

 

Além disso, diversos serviços, tutoriais e informações são prestadas no www.portaldoempreendedor.gov.br .

Foto: Comunicação Casa do Empreendedor

“Estar entre os finalistas já é um prêmio”, enfatiza gerente do SEBRAE sobre PSPE 2019

Em cerimônia promovida pelo Sebrae na tarde desta segunda-feira (22), em Curitiba, foi entregue o Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor (PSPE), que reconhece as boas práticas dos gestores públicos paranaenses.
Criado em 2000 para valorizar e divulgar a capacidade administrativa de gestores que tenham elaborado projetos e implementado ações em favor dos pequenos negócios, o PSPE está em sua 10ª edição. Neste ano, foram 36 municípios e 41 projetos selecionados no Paraná.
O PSPE premia um prefeito em cada uma das oito categorias estabelecidas: Políticas Públicas para o Desenvolvimento dos Pequenos Negócios, Cooperação Intermunicipal para o Desenvolvimento Econômico, Compras Governamentais de Pequenos Negócios, Pequenos negócios no campo, Inovação e Sustentabilidade, Empreendedorismo nas escolas, Desburocratização e Implementação da Redesimples, Inclusão Produtiva e apoio ao Microempreendedor Individual (MEI).
O prêmio reconhece prefeitos e administradores regionais que implantaram projetos com resultados comprovados com foco no desenvolvimento dos pequenos negócios dos municípios.
Estavam presentes os gestores de Ponta Grossa, Mato Rico, Telêmaco Borba, Guarapuava, Irati, Nova Tebas, Curitiba, Almirante Tamandaré, Piraquara, São José dos Pinhais, Maringá, Araruta, Goioerê, Sarandi, Umuarama, Marialva, Londrina, Andirá, Carlópolis, Jacarezinho, Palotina, Ubiratã, Cascavel, Quatro Pontes, Tupassi, Pato Branco, União da Vitória, Barracão, Santo Antonio do Sudoeste.
César Rissete, gerente da Unidade de Ambiente de Negócios do Sebrae do Paraná, destaca o expressivo número de projetos inscritos. “Nesta edição, foram 133 inscrições. São iniciativas de apoio ao empreendedorismo no Estado que merecem ser disseminadas, pois demonstram que os municípios podem promover mudanças e melhorias no ambiente dos negócios”, disse. Ele destacou a presença de União da Vitória entres os finalistas. “O fato de União da Vitória ter chegado à final é um reconhecimento. Ser finalista já é ser premiado e por isso União da Vitória está de parabéns, independente de não ter alcançado a primeira colocação em sua categoria”, disse.
Para o prefeito Santin Roveda, que representou o município na solenidade, o momento comprova avanços. “Nos buscamos inovações, investimos na geração de emprego e renda, com apoio à Casado Empreendedor, por exemplo, mas também com ações que preparam o município para possibilidades ainda maiores em seu futuro próximo, como é o caso da nova ponte. São vários cursos gratuitos que estamos ofertando, capacitando nossa gente. Temos um comércio fortalecido, somos uma cidade empreendedora e universitária. União da Vitória não é mais a cidade da enchente”, destacou Santin.
Ao todo, oito municípios foram premiados em suas respectivas categorias e agora representarão o Paraná na fase nacional.

 

Com 6.300 atendimentos e novas 760 MEIs, Casa do Empreendedor fortalece ações administrativas que colocam União da Vitória na final do importante prêmio estadual

Recentemente, auditores do SEBRAE estiveram em União da Vitória para avaliar e validar os dados do município. A visita fez parte do processo de análise com vistas ao “X Prêmio Prefeito Empreendedor”, no qual União da Vitória acaba de ser informada que postula como finalista na categoria Inclusão Produtiva e Apoio ao MEI.
Em nome do comitê estadual parabenizamos o prefeito Santin Roveda e toda equipe envolvida no projeto”, destacou Amberson Silva, Coordenador Estadual Políticas Públicas do SEBRAE Paraná ao dar a notícia na manhã desta segunda-feira (25)
O programa de reconhecimento aos prefeitos e administradores regionais que implantaram projetos com foco no desenvolvimento dos pequenos negócios do município premiará os gestores que tenham comprovados os resultados de estímulo ao surgimento e ao desenvolvimento de pequenos negócios e à modernização da gestão pública.
Nisto, vale destacar os avanços atingidos por União da Vitória por meio de sua “Casa do Empreendedor”. Inaugurada em novembro de 2017, a pedido do prefeito Santin – que vê no micro empreendedorismo o caminho mais curto para grandes avanços na economia municipal -, o espaço de atendimento ao empresário local apresenta número animadores.
Se em 2015 o município amargava um saldo negativo de 563 vagas de trabalho e, em 2017, foram gerados apenas 119 empregos, em 2018, depois dos incentivos da Casa do Empreendedor sediada em prédio da prefeitura, foram criados 482 novos postos de trabalho.
De março de 2017 a março de 2019, foram prestados 6.300 atendimentos a microempreendedores por meio desta parceria com o próprio SEBRAE. Isso resultou na abertura de 760 MEIs em União da Vitória desde que a casa foi aberta. “É um número que realmente traz oxigenação para nossa economia, mas que vai além: confirma que União da Vitória ressurge regionalmente ao tonificar suas potencialidades”, disse o secretário de desenvolvimento econômico, turismo e urbanismo, Valter Cano.
Mas não foram apenas nesses números que a vistoria do SEBRAE se baseou para classificar União da Vitória. Foram consideradas ações como as 45 obras em andamento neste momento no município, em diversos setores como a saúde e a educação, por exemplo. Também foram consideradas, haja vista que fazem parte do objetivo que é o desenvolvimento econômico do município, ações de mobilidade urbana. “Após análise, junto ao comitê estadual, em função das informações técnicas colhidas na visita e por estarem em patamar similar a outros municípios finalistas é que União da Vitória foi selecionada”, frisou Amberson.
O prefeito Santin se disse animado com a notícia. “É um momento que nos anima. Uma conquista importante estarmos entre os quatro finalistas do Paraná, o que só reforça que nossa equipe está trabalhando no caminho certo. Essa notícia já é uma grande vitória para nossa União da Vitória que há pouco tempo andava desanimada, não acreditava em seus potenciais. Isso já mudou para melhor, os números comprovam. E isso talvez seja o maior presente de aniversário que poderíamos dar, um presente  que é fruto do trabalho de nossa gente”, resumiu Santin.
A cerimônia de premiação estadual será dia 22 de abril em Curitiba.