Arquivo da tag: professores

Foto: Comunicação Prefeitura de União da Vitória

Como todos sabem este ano foi atípico e os reflexos foram sentidos nos mais variados setores. Na educação não foi diferente e o ano letivo na Rede Municipal se encerra nos dias 10 e 11 de dezembro com entrega das avaliações as famílias dos alunos.

Para este momento importante as equipes escolares das escolas e Centro Municipais de Educação Infantil (CMEIs), organizaram com enorme carinho diferentes lembrancinhas para as crianças, algumas até incluem doces e brinquedos. A Prefeitura de União da Vitória por meio da Secretaria Municipal de Educação disponibilizou garrafas de suco de uva para as crianças, bolachas e mel, sendo que, parte destes itens já foram entregues por algumas instituições.

“Foi um ano desafiador mas trabalhamos para sempre fazer o melhor pelas crianças atendidas pela rede municipal de Educação de União da Vitória e com um trabalho coletivo com fundamental apoio das famílias, dos professores, funcionários, estagiários, equipe da Secretaria Municipal de Educação, dentre outros parceiros conseguimos ótimos resultados”, ressalta Ricardo Brugnago, Secretário Municipal de Educação de União da Vitória.

Foto: Comunicação Prefeitura de União da Vitória

A Secretaria Municipal de Educação de União da Vitória, realizará no dia 16 de junho (terça-feira), mais uma edição do Dedica Municipal, em prol de ampliar conhecimentos e oferecer formação continuada para os professores, estagiários, diretores, supervisores e para a comunidade interessada pelo tema “Estímulo na primeira Infância”.

O tema a ser trabalhado será com o doutor José Saraiva Jr, especialista em Medicina da Família e Comunidade (TESBMFC) / Especialista em Psiquiatria Instituto Abuchaim POA / TEP – ABP /Especialista em Dependência Química UNIFESP / EPM / Especialista em Psicoterapia Cognitivo Comportamental / PUC-RS / Especialista em Preceptoria Médica no SUS Hosp Sírio Libanês – SP / Professor do Curso de Medicinada Imed e UFFS, Passo Fundo – RS / Professor da Residência Medicina em Psiquiatria, Medicina da Família e Comunidade Geriatria e Multiprofissional em ESF da UFFS – Passo Fundo – RS / Mestre em Envelhecimento Humano – UPF.

Os interessados podem fazer a sua inscrição até o dia 12 de junho (sexta-feira) às 12h, pelo seguinte endereço eletrônico: http://integrafaculdades.com.br/evento/inscriçao/index.php . O II Dedica Municipal será na terça-feira, 16, com início às 8h.

O secretário Municipal de Educação de União da Vitória, Ricardo Brugnago, fala da importância do Dedica Municipal. “Quero convidar a todos que tem interesse em participar no dia 16, da live com o médico doutor José Saraiva Jr, com o tema Estímulo na primeira Infância, que faça a sua inscrição no site da Uniguaçu, a qual é parceira do Dedica Municipal. Outra parceria desse projeto é com o magistrado Carlos Eduardo Mattioli. O Dedica chega a sua segunda edição que dá a oportunidade de formação continuada e tem a carga horária de 30 horas com certificação. A inscrição é gratuita e todos estão convidados a participar! Até terça-feira, na live!” destacou Ricardo Brugnago.

O II Dedica Municipal, é uma organização da Prefeitura de União da Vitória, Escola da Magistratura do Paraná (EMAP). Com o apoio do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJPR), Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) e Centro Universitário do Vale do Iguaçu (Uniguaçu).

Administração municipal mantém diálogo aberto e recebe professores na prefeitura

A administração municipal de União da Vitória recebeu na tarde desta terça-feira (12) representantes do Sindicato do Magistério Municipal.
Liderado pelo presidente Marcio Utzig, um grupo formado por demais diretores do Sindicato, professores e pelos vereadores Valdecir Ratko e Joarez Tica, manteve diálogo com o vice-prefeito Bachir Abbas e com os advogados do departamento jurídico da prefeitura.
As reivindicações já publicadas pela classe foram novamente colocadas sobre a mesa.
Ambos os lados realizaram suas ponderações. A classe pediu o aumento salarial real previsto em Lei Municipal (1,36%) e o pagamento dos avanços por merecimento e titulação.
Ainda, pediu investimentos nos prédios das escolas municipais que possuem problemas.
Da parte da prefeitura, ouviram que o município está impedido em dar o aumento real. Devidamente embasado pela Lei Municipal 4673, o município só pode conceder tal reajuste quando estiver abaixo do limite prudencial com a folha, o que ainda não ocorre.
Neste aspecto, a prefeitura já dispendia esforços com o enxugamento mediante revisões das concessões de alguns benefícios em folha. Ainda, estuda outras ações no intuito de elevar a receita municipal, tais como a liberação de um Refis, ato que dependerá de aprovação da Câmara de Vereadores.
Como ponto principal neste aspecto, está a ação espelhada em outros municípios que retiraram da folha de pagamento as responsabilidades com o funcionalismo de fundações.
Em União da Vitória, é o caso da Uniuv, cujo quadro funcional consta dos pagamentos da prefeitura, o que reduz a margem do índice.
Uma vez apresentando resultado positivo, tais ações possibilitarão a abertura de nova rodada de negociações entre as partes, diálogo que permanece aberto sobre os salários.

Prédios
Sobre a questão das estruturas físicas das escolas municipais, os professores foram informados de que desde que o novo secretário de educação – Ricardo Brugnhago – assumiu, uma série de ações foram tomadas com objetivo de colocar em dia a estrutura funcional das escolas – física e pessoal.
Destaque também para a ordem de prioridade máxima expedida pelo prefeito Santin Roveda – que cumpre agenda em Curitiba esta semana – para que as licitações do setor avancem o mais rapidamente possível e as benfeitorias cheguem o quanto antes às escolas.
Os representantes da classe solicitaram, ainda, uma nova reunião com o prefeito Santin Roveda para o fechamento da situação, encontro que será agendado.
Como a decisão cabe à toda classe manifestante, os professores não informaram até o fechamento desta nota sobre a continuidade ou não da greve.