Arquivo da categoria: Secretaria de Meio Ambiente – SEMMA

Foto: Comunicação Prefeitura de União da Vitória

O município de União da Vitória foi contemplado com a aquisição de uma unidade móvel (Castramóvel) destinada ao setor de Defesa Animal da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que funcionará como clínica veterinária móvel para atender o Programa Municipal de Controle Populacional de cães e gatos por meio de esterilização (castração) dos animais, que atualmente é oferecido gratuitamente à população de baixa renda do município e está sendo realizado através de contrato entre o município e o ISPAE que atende no centro cirúrgico do Centro Universitário do Vale do Iguaçu (Uniguaçu).

O contrato firmado com a Uniguaçu, prevê a castração de 2400 cães e 960 gatos onde o município prevê um investimento de cerca de 450 mil reais, e que, até o momento, já foram realizadas cerca de 700 castrações entre cães e gatos. O Castramóvel veio para implementar as ações da Defesa Animal em conjunto com as protetoras independentes, que prestam um grande trabalho pela causa animal, as clínicas veterinárias credenciadas e o ISPAE (Uniguaçu).

A unidade foi adquirida por meio de verba federal num pedido feito pela vereadora Alandra Roveda, que vem atuando diretamente com ações em prol dos animais. Outra ação da vereadora é sempre se reunir com o prefeito Santin Roveda e vice-prefeito Bachir Abbas, e com a direção da Rede de Protetores de Animais de União da Vitória, para obter ajuda nesta ação. Com a chegada do Castramóvel o próximo passo será necessário equipar para atender as normas do Conselho de Medicina Veterinária para iniciar suas atividades, totalizando um investimento de cerca de R$ 120 mil reais. O equipamento já conta com sala pré operatória, sala cirúrgica, sala pós operatória e banheiro. A equipe clínica contará com médico veterinário e auxiliar e voluntários, onde a intenção é realizar o atendimento nos bairros do município para atender a demanda por controle da população de cães e gatos sem dono (de rua) e animais de estimação de pequeno porte pertencentes a cidadãos de baixa renda inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) e para quem acolheu algum animal de rua.

Para que o animal seja submetido à cirurgia, ele deverá ter um responsável legal, isso vale também para os animais de rua, visto que após o procedimento se faz necessário medicar e cuidar do animal por alguns dias. A intenção é a realização dos procedimentos com agendamento prévio, onde a forma e gestão será definida em breve. A princípio o animal passará por avaliação prévia e, se apto ao procedimento, será agendada a cirurgia e toda a orientação ao dono do animal com relação aos cuidados pré e pós cirúrgicos.

A castração, além do controle populacional, é uma questão de saúde pública, visto que alguns animais podem transmitir doenças para humanos. Para o animal, a castração também traz benefícios, pois em fêmeas reduz em quase 100% a possibilidade de desenvolver neoplasias mamárias e doenças sexualmente transmissíveis e para os machos um controle na agressividade.

SEMMA fortalece parceria com Coopertrage e Arcrevi

Na manhã terça-feira 17, o Secretário Interino de Meio Ambiente (SEMMA), Nei Kukla, juntamente com o Coordenador Clemente Scistowski estiveram na Coopertrage e Arcrevi, cooperativa e associação de recicladores, para acompanhar as atividades que estão sendo realizadas por ambas as organizações. O momento também foi de ressaltar a importância da parceria de trabalho entre a SEMMA e as duas empresas de forma que cada um cumpra o seu papel porque somente dessa maneira a população terá uma cidade limpa.

O Prefeito Santin Roveda destaca a retomada das atividades de Educação Ambiental por parte da SEMMA e enfatiza o importante trabalho desenvolvido pela cooperativa, associação e empresas que se esforçam para manter uma cidade limpa. “Tanto a cooperativa quanto a associação realizam um ótimo trabalho com os materiais recicláveis, que se não fossem assim, seriam materiais que estariam poluindo o meio ambiente, sujando a cidade e muita coisa seria levada ao aterro sanitário diminuindo a sua vida útil. Desta forma, além de evitar tal efeito danoso, o aproveitamento de recicláveis está gerando renda e desempenhando um papel social importantíssimo para dezenas de cooperados e associados que exercem suas atividades nas duas organizações,” afirma Roveda.

Já na manhã de quarta-feira 18 de abril foi realizado a 2º capacitação em um total de 8 módulos  para os trabalhadores da COOPERTRAGE e da ARGREVI, por meio do projeto Eco-cidadão, onde os mesmos receberam informações sobre a parte formal de estatuto e finalidade das cooperativas de trabalho de catadores, sendo esta parceria entre o município de União da Vitória  e o Estado do Paraná pelo programa Eco-cidadão envolvendo a Provopar ,a Sanepar e o Instituto Aguas do Paraná.

Semana Nacional de Combate ao Aedes conscientiza sobre prevenção

Na semana entre os dias 23 a 27 de Outubro foram realizadas no município de União da Vitória as atividades da Semana Nacional de Mobilização dos Setores de Saúde, Educação e Assistência Social no combate ao Aedes Aegypti.
Durante essa semana foi realizado um mutirão de limpeza nos bairros Limeira, Rio D’areia, Rocio e São Basílio, esses bairros foram escolhidos porque fazem fronteira com Porto União que também realizou essa ação de mobilização.
Foram recolhidos durante toda a semana diversos tipos de materiais que poderiam servir de criadouro do mosquito Aedes Aegypti. Dentre os materiais que foram coletados são 13 mil kg de rejeitos, 24m² de materiais passiveis de reciclagem, 13m² de resíduos de madeira (móveis em geral), e 275 pneus.
Paralelamente ao mutirão de limpeza, foi realizado também nas escolas municipais um teatro de fantoches com o tema dengue, feito pelo grupo Prevarte que é organizado pelos Agentes Comunitários de Saúde do bairro Salete.
A Secretária Municipal de Saúde Paula Quaglio Krzyzanowski e o Coordenador Ambiental de Vigilância Sanitária Wagner de Moura Santos, fizeram um agradecimento aos Agentes de Combate de Endemias, todos os Agentes Comunitário de Saúde, a Secretaria de Obras, Secretaria de Educação e de Meio Ambiente, e também a participação e parceria do 5º Batalhão de Engenharia de Combate Blindado e a Ecovale.